principaiserros

ABORDAGENS

PRINCIPAIS ERROS NA HORA DE ABORDAR

UMA MULHER

Muitas coisas você não conseguirá evitar quando estiver prestes a abordar uma mulher em qualquer lugar que você esteja, pode ser um barzinho, uma festa, uma livraria, ônibus da faculdade. Nesse caso, tenha cuidado com o que falar, porque pode assustar a presa e ela achar que você é um taradão.

Qual o pré-requisito necessário para que você consiga puxar assunto com uma mulher?

É identificar o mínimo de interesse, e também saber a hora de sair de cena.

Você viu uma linda mulher, criou a coragem necessária para ir falar com ela, mas ela não dá muita brecha e parece totalmente desinteressada, essa é a hora para você sair de cena, tentar novamente em outra ocasião.

Mas também não há motivos para sermos tão pessimistas, você puxou conversa com uma mulher, ela está dando atenção, perfeito, desenvolva a conversa e tente pegar um contato, mas definitivamente esteja certo de não cometer erros que podem estragar de vez todas as suas chances. Eu vou citar alguns exemplos, a seguir.

Falando em coisas que você não terá domínio 100%, temos aquela maldita palpitação a mais, que é um grande inimigo nessa hora, e cá entre nós, isso nunca irá passar, eu mesmo tenho essas sensações cada vez que vou falar com uma desconhecida, mas aprendi a lidar com isso, como todo bom jogador de poker, devemos aprender a mascarar as emoções para vencer, isso pode ser facilmente aprendido.

Agora, fatores como falta de confiança, se você ainda sofrer disso, após ler os livros que escrevi, você é um caso perdido. Falta de confiança causa gagueira, e diversos outros erros que devem ser evitados.
Descreverei alguns cenários para você melhor entender.

Abordagem no bar

Você resolveu sair com alguns amigos, tomou alguns drinks, avistou uma linda mulher, sozinha em uma mesa. Primeiro de tudo, vamos observar se ela não está acompanhada, se está realmente sozinha. Ninguém apareceu e está na hora de agir.

Vamos ver os seguintes cenários que você deve evitar a todo custo, quando for falar pela primeira vez com uma mulher.

Contato físico muito cedo

Você está vivenciando aquela experiência dos vinte segundos de coragem, o não nós já temos, precisamos transformar um não em um sim. Mas aí você se precipita, quer fazer um estilo galanteador, chega junto da menina, segura-a pelo braço, pedindo o nome dela.

Nessa altura, a menina não sabe se responde ou se grita por socorro.

– Olá, sou o JF, qual o seu nome?

Ela começa a falar:

– Sou a Bru…

E você a interrompe, no maior estilo Hollywood e no meio da frase, com aquele famoso dedo na boca da presa e diz ao estilo Vando:

– “Palavras são desnecessárias, baby”.

Sim, você é um ridículo, você nem conhece a menina e já vai querendo pegar nela, você nem sabe se ela tem namorado, você não tem nem o básico das informações necessárias para defini-la como uma possível conquista, você nem sabe se ela é uma mulher ou um travecão e já vai se precipitando e tocando nela.

Uma coisa é você pegá-la pelo braço, gentilmente, outra é achar que ser atrevido ao extremo possa dar certo. A soberba e a arrogância andam lado a lado com a confiança, cuidado para não se atrapalhar e parecer um total arrogante, ao invés de um homem confiante.
Algo você fez certo, um fato curioso, é que não sei explicar como, mas eu li num livro que, quando você quer convencer alguém, quando pega no braço dela, ela fica mais receptiva a aceitar.

Você falhou na abordagem, perdeu as chances com essa linda mulher, e o pior de tudo, ainda fez papel de palhaço na frente das outras pessoas.

Não irá conseguir atrair ninguém deste ambiente, o que resta é ir para casa, comer um pote de brigadeiro e descabelar o palhaço.

Se você tivesse pensado, tivesse planejado, você poderia agora estar em companhia daquela linda mulher. Antes de tomar a iniciativa, tente imaginar tudo, já tenha o assunto pré-definido, não vá falar com ela e só quando estiver lá pensará sobre o que quer falar. Crie o roteiro da conquista.

Abordagem atrapalhada

Lá está ela, na mesa, sozinha, você se apressa, se atrapalha todo pra falar com a menina, vem sem jeito, tropeçando nas cadeiras, esbarra nela, ela derruba a bebida na blusa e a abordagem fracassou pateticamente.

Calma. Muita calma nessa hora, não deixe a emoção tomar conta de você. Seja sutil, de fala mansa, controle a ansiedade, vá passo a passo, sem pressa, delicadamente coloque a mão no ombro dela, apresente-se e peça para sentar com ela por um breve momento.

Passar muita informação

Todos já viveram esta abordagem, nesse caso, você começa bem a conversa, com assunto interessante, mas perde o rumo e acaba atrapalhando-se totalmente.

– Olá, eu me chamo JF, qual o seu nome?

– Me chamo Bruna.

– E o que você faz da vida Bruna, além de deixar os homens ao seu redor de queixo caído.

– Aiiiiin ( mimimi de que não é tudo isso, louca pra receber mais elogios )
Você pede para sentar, começa a puxar um assunto a nível intelectual para mostrar que é um cara culto, ela consegue acompanhar o assunto, você percebe que a mulher é mais interessante do que você esperava, além de bonita tem um excelente conteúdo, isso começa a preocupar você, você começa a ficar nervoso porque perde um pouco da confiança, ela não é uma mulher qualquer, ela é uma mulher que intimida os homens fracos, você começa a se questionar se ela não é muita areia para o seu caminhão, começa a ter um ataque de pânico, e mulher está na sua mas você não sabe mais o que fazer.

Quando seu desespero atinge o auge você é salvo pelo garçom que traz o pedido que ela havia feito. Ela, educadamente, o convida para jantar com ela, pois está muito interessada em você.

Nessa altura, você só precisa deixar as coisas fluírem naturalmente, mas você já não é dono de si mesmo, a emoção tomou conta, está com medo de não dar conta do recado.

Você já perdeu o rumo das pernas e não sabe mais o que está fazendo. Resolve pedir sobre o que ela está bebendo para acompanhar, talvez a bebida o ajude a relaxar.

– O que você está bebendo, Bruna.

– Estou bebendo uma Vodka e pedi uma porção de frios, queijo, salaminho e afins. Aí ela sussura no seu ouvido. Você me acompanha para terminarmos rápido, e vamos para a sua casa.

Você foi tomado pelo pânico. Saiu de cena, o piloto automático assumiu. Você sem ter controle sobre o que fala responde.

– Mas é claro querida, eu gosto dos frios daqui, exceto uma vez em que acabei misturando queijo com várias dozes de whisky e redbull, você nem imagina o revertério que deu, foi como se o mundo saísse por trás. No dia seguinte, no elevador, ouvi minha vizinha do andar de baixo pedindo para a sindica se ela tinha ouvido as trovejadas que deu de noite, era cada puuufff que quase tremia o prédio, os comentários foram o de menos, eu me sentia um rei de tanto tempo que passava sentado no trono já. Já aconteceu isso com você?

– Que nojento, sai da minha frente. Qual o teu problema cara. Ela joga o drink dela na sua cara, e você volta a si. Tarde demais.
Tentou chegar em uma mulher linda demais para a sua confiança do momento. E o pior de tudo que você era capaz, mas o seu pavor tomou conta de você e o dominou. Pateticamente você a perdeu. E a abordagem fracassou. Seu medo derrotou você, apenas isso.

Gagueira

Sintoma do nervosismo, você está tão nervoso, que fala tão baixo que ela não consegue escutar, e quando consegue, o melhor que sai da sua boca é:

– Mememememeememmeu nonononome éééé Jojojojojotata Eeefee.

Sem comentários.

Novamente foi dominado pelo medo, pela ansiedade, aquelas palpitações a mais parecem mais um terremoto interno, você deve aprender a controlar isso urgentemente.

Apaixonado pela ex

Você mal superou o término do seu namoro, continua apaixonado pela ex, mas precipitadamente resolve sair e atirar para todos os lados, você não deu tempo para o seu luto, para a sua dor pela ex ser curado e você estar livre dos fantasmas do passado.

Você chegou na menina, partindo do básico.

– Oi, qual o seu nome?

Ela responde. Você começa a conversar com ela, um diálogo agradável, até que ela faz algum comentário sobre o ex, e você desaba imediatamente:

-Você tinha que falar sobre isso né, não podia me poupar disso, não é. Você não podia respeitar a minha dor, eu perdi minha alma gêmea, não deveria vir falar de ex pra mim, você é louca, sua vaca sem sentimentos. Buaaahaaa, ela era a mulher mais linda do mundo, éramos apaixonados, e do nada simplesmente acabou. Mas quem sabe você pode me ajudar, aqui tô ligando pra ela, por favor diz que eu ainda a amo, pelo amor de Deus fala pra ela voltar pra mim.
Nessa hora, a menina sai de cena. Todos começam a olhar para você. Você aos prantos, abre os botões da camisa social, revelando a camisa que está por baixo, uma foto sua e da ex com as palavras “J.F e PPka LOVE 4EVER”.

Chorão de fim de relacionamento. Quando sair, quando for falar com outras mulheres, deixe os fantasmas do passado em casa, tranque-os no baú, esse assunto é um tabu, a grande verdade é que as pessoas pedem sobre os seus sentimentos, unicamente por bondade, decência, a realidade é que ninguém quer saber sobre seus problemas amorosos.

Deixe seus problemas em casa.

Ser arrogante ao extremo

Falei antes que você deve cuidar para a sua confiança não ser confundida com arrogância, existe uma tênue (sempre quis usar essa palavra) linha separando esses dois lados da moeda. Vou passar um exemplo para ficar mais fácil de você entender.

Você está se aproximando da mulher, e começa a falar.

– Boa noite, me chamo J.F e você? Ela vai responder e você continua.

-Sabe O J.F, THE BOSS J.F. Qual é vai dizer que não me reconheceu. O que está bebendo?

– Vamos beber o champagne mais caro essa noite. Digam a todos que o J.F está aqui.

E aí começa a falar somente sobre você, sobre seus bens, sobre o que tem, totalmente convencido de que precisa se autopromover para só, assim, conseguir chamar a atenção da mulher. Sabe o que realmente essa promoção toda quer dizer?

Pinto pequeno. Só pode, um homem que precisa antes de tudo mostrar o quanto tem, o quão famoso é para conquistar uma mulher, esbanjar a noite toda, só pode ter um pingulin que mais parece um corinho seco, pendurado na cintura. No máximo, o que vai conseguir é ser assaltado essa noite.

Mulher gosta de homem que tenha bens, que tenha condições, mas anunciar que as pessoas devem ser atraídas por você unicamente pelo que pode proporcionar é a mais patética forma de depreciar a si mesmo. Como quem anuncia ao mundo. “Não tenho nada melhor a oferecer do que bens materiais”.

Você jamais deve contar sobre os seus negócios, sobre seu sucesso, para mulheres que você mal conhece, para pessoas que você mal conhece, você anuncia aos sanguessugas e logo será mordido. Então, não fale muito sobre posses, tente conquistar as mulheres pelo que você é.

Elogiar demais

– Nossa gata, você é uma princesa saída de um conto de fadas, desenhada com cuidado pelos melhores escultores que já pisaram sobre a terra, perto da sua beleza a lua e as estrelas parecem riscos no céu.

Seu brilho é tão majestoso que aposto que, quando sai para caminhar, o sol se esconde com vergonha de você.

Aí, ela responde. – Verdade, nem sabia que eu era isso tudo, e já que sou tão linda assim, você não tem chances comigo.

Para que inflar o ego de alguém que você quer conquistar? Uma coisa é você elogiar a sua mulher, a sua namorada, mas uma conquista tem que ser simples, sem muitos elogios, um pouquinho só para passar a clara mensagem de que você está atraído por ela. Chegar e já colocá-la num pedestal que você nunca irá conseguir alcançar, é estupidez.

Já dizia o famoso Barney Stinson, você precisa de três fatores para conquistar uma mulher.

Repita o nome dela várias vezes para que não a chame por outro nome. Afaste-a das amigas. Sutilmente, no decorrer da conversa, tente baixar um pouco a autoestima dela, para que ela não fique se achando tanto, e você tenha mais chances.

Não sei se funciona isso, mas até um personagem fictício sabe, que não se deve elogiar tanto alguém que você apenas quer levar para a cama.
Então, pode falar que ela é bonita, claro que pode, assim ela já sabe que você foi falar com ela, porque a quer para os atos carnais, e não para discutir sobre filosofia.

Você deixa clara a mensagem de que está atraído fisicamente por ela e fim. Sem exageros.

J.F ROZZA

001

J.F Rozza View more

J.F. Rozza – Empresário, Investidor, Educador Financeiro e escritor, formado na vida.
UA-40371773-1