forma-de-ser

Eu gosto da minha forma de ser: Não preciso agradar a todo mundo para ser feliz

A minha forma de ser é autêntica e não preciso aparentar ser o que não sou pra agradar a todo mundo. Faz algum tempo que tenho praticado o valor da dignidade pessoal, não sou escravo de ninguém, e não preciso da aprovação dos outros para ser feliz. É vital que cheguemos a essa conclusão o mais cedo possível em nossas vidas. É um aspecto que todo adolescente deveria adotar, e que todos deveriam praticar para atingir um equilíbrio interior adequado.

Eu não sou como você espera que eu seja, me aceite pela forma que me defino.

Eu não sou como você espera que eu seja, me aceite pela forma que me defino, pela minha personalidade, pela minha maneira de demonstrar felicidade, assim iremos construir um mundo melhor, no qual não precisemos forçar ser alguém que não somos. Sabemos que nem sempre é fácil assumir essa posição. Em nosso interior temos a sensação de que se não gostarmos de todo mundo não seremos aceitos e acabaremos sendo rejeitados. No entanto, a vida não é construída através da necessidade de gostar: basta que saibamos nos respeitar.
Sentimos a necessidade de agradar a família dos nossos parceiros, que devemos nos dar bem com todos os colegas de trabalho e todas as pessoas que fazem parte dos nossos círculos sociais. Mas a primeira coisa que todo mundo deve ter em mente é que é impossível agradar a todos. Cada pessoa é única, todos temos nossas formas de ver o mundo e de viver a vida, então é aceitável que existam incompatibilidades.

Eu sou eu, e aceitei a minha forma de ser: Eu sou um presente!

Você é um presente para si mesmo. Só você sabe o que viveu e o que passou, tudo o que superou. A sua forma de ser é a janela que permite a você ver o mundo com toda a sua intensidade, em liberdade e integridade. Eu sou como sou, não quero ser uma versão oca ou uma marionete de mim mesmo. Eu tenho voz, coração e sei o que mereço nesta vida para ser feliz.

Nosso modo de ser não define totalmente se somos extrovertidos, tímidos ou introvertidos. Ele é um amálgama de nuances onde as experiências, pensamentos e aprendizagem são vitais. A vida é feita de falhas e feridas, mas também existem vitórias e felicidades, e isso nos molda e molda a forma de vermos o mundo.
O mau nos ensina e o bom nos orienta, cada experiência constrói nossa maneira de ser, assim, ao longo da vida, existem valores que assumimos e outros que deixamos de lado, a essência de cada pessoa passa por nossas vidas. A sua maneira de ser é a energia que o impulsiona, então você deve impor barreiras ante as coisas que não quer em sua vida, ante aquilo que não te define.

  •  Pessoas que tentam agradar a todo mundo vivem em busca de aprovação. Elas sentem-se integradas assim, no entanto, devemos ter o entendimento de que quando começamos a buscar apenas a aprovação dos outros deixamos de ser quem somos.
  • O psicólogo Wayne Dyer diz que 50% das pessoas com quem cruzamos todos os dias vão, possivelmente, contra os nossos pontos de vista. Se alguma vez você encontrar alguém que não gosta do que você diz,ou do que você faz, não se preocupe existem, ou do que você faz, não se preocupe: existem outros 50% que gostam de você.
  • Quando somos jovens, somos educados para agradar a todos: sorrisos, apertos de mão, sente-se direito, não faça isso, não faça aquilo… Passamos uma boa parte da nossa vida “buscando a aprovação”, até que um dia, de repente, percebemos que é impossível agradar a todos.

Tentar gostar de todo mundo te fará infeliz:

O budismo já dizia que: Se tentarmos gostar de tudo e de todos, a única coisa que iremos encontrar será a infelicidade e o sofrimento. Não vale a pena gostar de alguém que tenha o coração egoísta. Não vale apena gostar de alguém que não te reconheça, simplesmente não vale a pena gostar de alguém que não se encaixa na maneira em que você vê o mundo.
Sou uma parte de tudo que já vivenciei, minha forma de ser é minha essência e minha identidade. Me custou muito chegar onde cheguei, e não posso mudar a minha forma de ser só pra te fazer feliz. Se pararmos para pensar, nada poderia nos trazer mais sofrimento emocional do que tentar gostar de todo mundo.

  • Devemos ter em mente que não gostar de alguém pode nos levar a receber críticas. No entanto, a maioria das críticas estão mais relacionadas a problemas de quem as dirige, do que de quem as recebe. As críticas não te definem, e em certas ocasiões não são nada mais do que o reflexo da frustração de quem te critica.
  • Não é saudável viver dependendo da opinião dos outros. Ou depender da aprovação dos outros para ser feliz. A vida é cheia de diversidade, e as pessoas têm tantas nuances que vale a pena ser original, ser autêntico e sempre manter a dignidade adequada. Ame a si mesmo por quem você é.

Fonte: LaMenteesMaravillosa traduzido e adaptado por Psiconlinews

Rafael Tobelem View more

"Seja a diferença que você quer ver no mundo" e "Faça a diferença sempre para o BEM" São as frases que moldam minha convicção. Tudo o que você vê hoje é resultado dessa convicção. Sou acadêmico de Direito, escritor, autônomo, e não tento fazer a diferença, eu faço. Contato: 041(96) 8108-4165
UA-40371773-1